Rio de Janeiro, 26 de abril de 2017.

I WORKSHOP PPG-FITOTECNIA(Retificação do Edital)

Edital I Workshop PPGF_2017 Ficha de inscição_Envio de Resumos_I Workshop PPGF Modelo de resumo_I Workshop PPGF_2017 Cartaz I Workshop PPGF_2017 Retificação 1_Edital_ I Workshop PPGF_2017  

Leia mais

Proficiência em Língua Estrangeira

Informamos que a Prova de Proficiência em Língua Estrangeira (Inglês) para mestrado será realizada no dia 24 de outubro de 2016 às 9h na sala 01 no PPGF.

Leia mais

MATRÍCULA EM DISCIPLINAS no Primeiro Semestres de 2017 (ver calendário) e OFERTA DE DISCIPLINAS.

A MATRÍCULA EM DISCIPLINAS primeiro semestre de 2017, deverá ser realizada entre os dias 7 a 9 de março, respectivamente. Lembramos que a RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA também é obrigatória para os alunos que já concluíram os créditos, neste caso, os ...

Leia mais

RELATÓRIO SEMESTRAL - Entrega ver calendário interno.

Para composição correta do Relatório Semestral o discente deverá consultar o Manual dos Discentes, disponível para "download" nesta mesma página eletrônica.

Leia mais

Calendário Acadêmico Interno PPGF

calendário 2017 - Clique para "download".

Leia mais

PPGF

Folder:   Bandeira do Brasil   Bandeira da Inglaterra   Bandeira da Espanha                               Apoio:  logo_capes    logo CNPq    logo FAPERJ

Histórico do curso

O Programa de Pós-graduação em Fitotecnia da UFRRJ (PPGF) foi, inicialmente, criado na Escola Nacional de Agronomia (ENA) e emitiu diplomas de 1969 a 1975. Em 1989, o Curso de Mestrado foi reativado e em 1989 foi criado o Curso de Doutorado em Fitotecnia. O Programa de Pós-graduação em Fitotecnia da UFRRJ tem CONCEITO 5 na CAPES.
O Corpo docente do Curso é composto por professores da UFRRJ e por pesquisadores de outras instituições que co-habitam o "campus" do km 47 (Centro Nacional de Pesquisa em Agrobiologia – EMBRAPA). Este corpo docente, contudo, é composto  em sua maioria pelos professores do Departamento de Fitotecnia e de outros departamentos da UFRRJ.

Objetivos

O PPGF tem como objetivo formar e aperfeiçoar pesquisadores, professores e outros profissionais que busquem  aprimoramento de sua capacidade de ensino,  pesquisa ou atuação profissional nas áreas de Produção Vegetal, Fisiologia da Produção ou Agroecologia.