Curso “Na sombra da teoria da justiça: contextualização e crítica ao liberalismo político de John Rawls”

Na sombra da teoria da justiça: contextualização e crítica ao liberalismo político de John Rawls

Data de início:

05/08/2020 ás 16:00h

Data de Término:
07/10/2020
________________________________

Nome do proponente / E-mail
Walter Valdevino Oliveira Silva (Docentes) / waltervaldevino@gmail.com

Equipe
Organizador – Marcos Fanton (UFSM)

Público-alvo
Geral

Tempo da atividade
20 Hora(s)

Vagas
80 pessoas

Descrição da atividade

O curso consistirá na apresentação e discussão da obra In the Shadow
of Justice: Postwar Liberalism and the Remaking of Political
Philosophy (Princeton University Press, 2019), da filósofa inglesa
Katrina Forrester, Assistant Professor of Government and Social
Studies na Universidade de Harvard. A obra de Forrester, lançada no
ano passado, é uma das mais fortes análises críticas ao pensamento do
filósofo norteamericano John Rawls (1921-2002), principal teórico do
liberalismo político da segunda metade do século XX, cuja influência
na Filosofia Política segue determinante até hoje.

O curso pressupõe, por parte dos participantes, leitura fluente em
língua inglesa.

O curso será ministrado em formato virtual com um encontro semanal,
sempre às quartas-feiras, de 16h às 18h, no portal de webconferência
da RNP (https://conferenciaweb.rnp.br). Estão previstos dez encontros
conduzidos pelos Professores Doutores Marcos Fanton (Departamento de
Filosofia – UFSM) e Walter Valdevino Oliveira Silva (Departamento de
Filosofia – UFRRJ), com início no dia 05 de agosto e término no dia 07
de outubro de 2020. A carga horária total será de 20h.

Resumo

É muito comum, em narrativas da história da filosofia política do
século XX, encontrarmos o filósofo norteamericano John Rawls como o
autor que estabeleceu uma língua franca para se discutir temas ligados
à justiça, democracia, igualdade e tolerância. A teoria de Rawls
transformou o liberalismo e sintetizou suas aspirações de conseguir,
em sociedades plurais, um consenso mínimo sobre questões políticas.
Com sua Uma teoria da justiça (1971), a formulação de teorias
políticas normativas ganhou um estatuto legítimo como disciplina na
Filosofia e marcou uma nova forma de abordagem filosófica. Contudo, é
importante notar que a crença na elaboração de utopias políticas
formadas a partir de teorias filosóficas abstratas é fruto de um
contexto social e político muito específico, que ocorreu com o
florescimento econômico pós-Segunda Guerra e desapareceu a partir da
década de 1970 em diante. A obra da filósofa Katrina Forrester, In the
Shadow of Justice (2019), é parte de um grande esforço em mostrar esse
contexto e os debates sociais, políticos e econômicos que não apenas
influenciaram, mas permitiram que a obra de Rawls tomasse o formato e
a magnitude que tomou.